Trinta motoristas de autocarro em Londres morreram de covid-19 entre março e maio. Um confinamento menos tardio teria salvo muitos deles

Comentários ao Artigo